terça-feira, 16 de setembro de 2014

Geovana Cartaxo diz em entrevista que podemos exportar energia eólica e solar

geovanaDurante esse período da campanha, o Jornal Alerta Geral abriu espaços para os candidatos ao governo do estado e, nesta semana, estamos levando aos nossos ouvintes e leitores do site CearáAgora.com.br as propostas dos candidatos ao senado. A entrevistada desta terça-feira foi a candidata pelo (16/09) PSB ao Senado Federal Geovana Cartaxo.
A candidata destacou a campanha eleitoral no estado do Ceará, a visita da candidata a presidente pelo PSB, Marina Silva a Fortaleza, a transferência de votos que ela diz que já esta acontecendo, no caso de votos de eleitores de Marina para ela. A candidata fala das doações de recursos por parte de empresários para manter a campanha nas ruas, Geovana destaca que não recebe esses tipos de recursos, mantem a sua divulgação de campanha aproveitando as redes sociais, o horário de rádio e televisão.
Geovana destacou ainda que o eleitor esta assimilando bem o discurso de Marina Silva com relação a  nova política, é assim que ela ver a ascensão da candidata ao Palácio do Planalto, a vontade do povo, por uma nova gestão nacional, Geovana disse que as pessoas preferem ouvir o discurso de proposta e projetos e não baixarias como está acontecendo na campanha eleitoral aqui no Ceará.
A candidata Geovana Cartaxo  disse que várias obras do Governo Federal ou estão paradas ou andando a passos de tartaruga, como exemplo ela citou a Transposição do Rio São Francisco e a Transnordestina, falou também que não existe desenvolvimento econômico sem o cuidado com o meio ambiente. O uso da energia eólica e solar é uma das principais propostas da candidata ao Senado, já que o estado do Ceará é rico nessas duas fontes naturais, para Geovana podemos exportar energia e não ter uma termelétrica a carvão, do período medieval como temos aqui no Ceará, que polui mais e o custo é altíssimo.

Coligação de Camilo visita Aurora, Juazeiro, Beberibe e Camocim

camilo fim de semanaA coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”, que tem como candidato a governador Camilo Santana (PT) realizou eventos neste final de semana nas cidades de Aurora, Juazeiro do Norte Beberibe e Camocim. Em Aurora, a população saiu de casa por volta das 14 horas para cumprimentar a esposa de Camilo, Onélia Leite. Ela caminhou pelas ruas com lideranças políticas da região. Em Juazeiro do Norte,  Onélia, caminhou pelas ruas do bairro Frei Damião ao lado de Marisa Benevides, esposa de Mauro Filho.
Na manhã de domingo, os candidatos da Coligação – Camilo Santana, Izolda Cela (Vice-governadora) e Mauro Filho (senado)  participaram de carreata de 5 quilômetros, saindo do Centro de Beberibe até a Praia do Morro Branco. Eles foram recebidos pela prefeita Michele Queiroz (PROS). Estavam presentes, ainda, candidatos proporcionais da coligação e lideranças políticas da região. Camilo destacou a importância de se investir no turismo para aquecer a geração de emprego e renda, valorizando assim o potencial econômico deste setor no Ceará.
No sábado, Camilo Santana esteve em Camocim, em uma caminhada e comício que reuniu mais de 20 mil pessoas, segundo os organizadores. Participaram também Izolda Cela  e Mauro Filho. Camilo reafirmou os compromissos de universalizar as Escolas Estaduais de Ensino Profissionalizante, de investir em segurança e ratificou que não medirá esforços para ajudar Camocim. “Em breve, Camocim iniciará a construção de mil casas, no programa Minha Casa Minha Vida. E o que eu puder fazer como governador para trazer o estaleiro para Camocim, eu vou fazer também”, afirmou.

Vox Populi: Dilma 36%; Marina, 27%, e Aécio, 15%

pesquisa-dilma-marina-aecioPesquisa Vox Populi, encomendada pela Rede Record, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) na liderança com 36% das intenções de voto para presidente da República. A candidata pelo PSB, Marina Silva, aparece com 27% das intenções e Aécio Neves (PSDB) com 15%. Na última pesquisa Vox Populi, Marina tinha 28% das intenções de voto. Os outros dois candidatos mantiveram as mesmas porcentagens.
Brancos e nulos somam 8% e 12% não souberam indicar um candidato ou não quiseram responder. Os candidatos Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC) tiveram 1% das intenções de voto cada um. Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) tiveram menos de 1% das intenções.
O Vox Populi fez duas simulações de segundo turno. Em uma disputa entre a candidata Marina Silva e Dilma Rousseff, Marina teria 42% das intenções e Dilma, 41%, o que configura um empate técnico, devido à margem de erro do levantamento. Brancos e nulos somariam 11% e 6% seriam os indecisos. Em uma disputa entre Dilma e Áecio, a candidata do PT venceria com 47% das intenções contra 36% do candidato tucano. Os votos brancos ou nulos seriam 12% e os indecisos, 5%.
O Vox Populi também divulgou avaliação do governo. Os que avaliaram o governo como ótimo ou bom somaram 38%. Aqueles que avaliaram como regular somaram 39% e aqueles que avaliaram como ruim ou péssimo foram 23%. Os que não souberam ou não responderam totalizam 1%.
Foram feitas 2 mil entrevistas em 147 cidades. O levantamento foi feito no sábado (13) e domingo (14). A margem de erro é 2,2 pontos percentuais e o número de registro na Justiça Eleitoral é BR-00632/2014.
Com informações do Correio Braziliense.

Cid atribui denúncia a armação de adversários

Dia Mundial Sem CarroNa foto: Cid Gomes durante entrevista coletiva com outros governadores do Nordeste sobre crédito do Banco MundialFoto: Mauri Melo, em 22/09/2009O governador Cid Gomes (PROS) mostrou-se indignado com o conteúdo da reportagem da Revista Istoé, edição do último final de semana, que o cita entre políticos que teriam recebido recursos do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa. A reportagem se refere ao escândalo da Petrobrás em que o ex-diretor da estatal nominou políticos com doações e pagamento de propina. Cid, em nota distribruída à imprensa, na tarde desta segunda-feira, atribuiu a citação do seu nome a uma armação de adversários que tentam atingí-lo na campanha eleitoral, a exemplo do que aconteceu nas eleições de 2010.
‘’Esta clara fraude envolvendo o meu nome em véspera de eleição repete prática imunda que já tive de enfrentar quatro anos atrás, quando da publicação de invenções envolvendo meu nome e o nome do meu irmão, Ciro Gomes, que se revelaram completamente falsas’’, expôs Cid Gomes, afirmar, ainda, que está ‘’processando a citada revista por calúnia, difamação e por dano moral por ter abrigado clara armação criada por meus adversários, visando interferir na disputa eleitoral no Ceará’’.
O governador Cid Gomes disse, ainda, que não tem, nem nunca teve ‘’qualquer envolvimento nem qualquer tratativa pessoal com o citado ex-diretor da Petrobras, muito menos qualquer conversa indecente ou corrupta’’. E acrescentou: ‘’Todo o meu relacionamento com a Petrobras sempre foi institucional’’. Cid lamenta, também, o ciclo de corrupção e a impunidade.
Em um dos trechos da nota, Cid Gomes afirma que ‘’o Brasil não suporta mais assistir a corrupção impune nem pode dar aos malfeitores e ladrões do dinheiro público o prêmio da impunidade, senão chegaremos ao fundo do poço em que os salafrários reinarão e ainda se sentirão autorizados a enlamear a honra de quem faz da vida pública uma prática decente’’. Ao final da nota, Cid conclui: ‘’É o caso presente e a justiça tem a obrigação, de, celeremente, achar e punir os culpados’’. Mais detalhes sobre esse assunto você tem, nesta terça-feira, a partir das 7:50 horas, no Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 17 emissoras no Interior). Abaixo, íntegra da nota do Governador Cid Gomes.
Nota: Sobre a revista IstoÉ
Em respeito à opinião pública cearense e brasileira, a propósito de infamante citação de meu nome, sem qualquer fundamento ou base, em matéria relativa ao chamado escândalo da Petrobras na edição desta semana da Revista IstoÉ, esclareço:
1. Estou processando a citada revista por calúnia, difamação e por dano moral por ter abrigado clara armação criada por meus adversários, visando interferir na disputa eleitoral no Ceará;
2. Não tenho, nem nunca tive, qualquer envolvimento nem qualquer tratativa pessoal com o citado ex-diretor da Petrobras, muito menos qualquer conversa indecente ou corrupta. Todo o meu relacionamento com a Petrobras sempre foi institucional;
3. Esta clara fraude envolvendo o meu nome em véspera de eleição repete prática imunda que já tive de enfrentar quatro anos atrás, quando da publicação de invenções envolvendo meu nome e o nome do meu irmão, Ciro Gomes, que se revelaram completamente falsas;
4. O Brasil não suporta mais assistir a corrupção impune nem pode dar aos malfeitores e ladrões do dinheiro público o prêmio da impunidade, senão chegaremos ao fundo do poço em que os salafrários reinarão e ainda se sentirão autorizados a enlamear a honra de quem faz da vida pública uma prática decente. É o caso presente e a justiça tem a obrigação, de, celeremente, achar e punir os culpados.
Fortaleza, 15 de setembro de 2014
Cid Gomes
Governador do Estado do Ceará

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Prefeita Monica Aguiar confirma em entrevista a Rádio Pinto Martins FM que a atração para o aniversário de Camocim será o Padre Fábio de Melo

Em entrevista concedida ao Repórter Jenilson Alves da Rádio Pinto Martins FM na tarde de quinta-feira dia 11-09 a Prefeita Monica Aguiar falou das obras que estão em andamento na cidade como Rodoviária e Av. Beira-mar e no final da entrevista confirmou que O Padre Fábio de Melo será a grande atração dos 135 anos de emancipação política de Camocim. O show será realizado no dia 28 de Setembro (domingo) de 2014, provavelmente na Praça de Eventos do Odus. O dia seguinte, segunda-feira (29), data oficial do aniversário da cidade, será feriado municipal. O evento será realizado pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Cultura e Desporto

EM CAMOCIM, POLICIA MILITAR APERTA O CERCO E EM MENOS DE 12 HORAS PRENDE O SEGUNDO ACUSADO DE HOMICÍDIO EM MOTEL

Logo após consumado o homicídio que vitimou Edite dos Santos Araújo, 25 anos, natural do Distrito Federal e residente em Camocim na Rua Esplanada do Porto nº 625, bairro Coqueiros, o comandante da 3ªCia/3ºBPM, Major Assis Azevedo orientou os seus comandados a intensificarem as buscas objetivando prender os acusados do crime bárbaro que chocou toda a cidade. Reveja a matéria AQUI.
Momentos depois do crime, policiais do Ronda conseguiram prender uma acusada, trata-se Maria Valdiete da Silva, 26 anos, residente na Rua da Paz, bairro Cruzeiro. Horas depois, por volta das 03h10 da tarde ainda da quinta-feira, 11, uma operação envolvendo policiais militares da FTA Motos, FTA e Ronda do Quarteirão, conseguiram capturar o outro acusado, trata-se de Jackes Alves de Araújo, 26 anos, residente na Rua João Pessoa.

Jackes foi preso na Rua Marechal Deodoro, bairro do Cruzeiro, na residencia de uma amiga. Os policiais foram informados através de ligações anônimas e foram ao local, fizeram um cerco na casa e conseguiram com exito capturar o segundo acusado. Segundo informou para o Camocim Policia 24 h um policial militar, Jackes teria confessado que havia praticado o crime sozinho e disse que estava bastante arrependido. Ele foi conduzido para a DPC de Camocim onde foi autuado em flagrante com base no artigo 121 do CPB, homicídio.
FONTE: CAMOCIM POLICIA 24hs

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Polícia Federal deflagra operação que investiga desvio de R$ 6 milhões da UFC

Os grupos criminosos atuaram entre os anos de 2009 e 2012, praticando irregularidades nas contratações, licitações e na aplicação de recursos públicos


A Polícia Federal cumpre, nesta quinta-feira, 11, treze mandados de busca e apreensão em Fortaleza e Caucaia. O objetivo da operação “Gourmet” é investigar fraudes em licitações que causaram prejuízos de R$ 6 milhões à Universidade Federal do Ceará (UFC). Empresas, pessoas físicas e servidores públicos federais foram apontados como suspeitos. 

Segundo a PF, os grupos criminosos atuaram entre os anos de 2009 e 2012, praticando irregularidades nas contratações, licitações e na aplicação de recursos públicos da universidade. Os mandados, conforme a PF, foram expedidos pela 12ª Vara Federal de Fortaleza. 


Os crimes investigados são: dispensa indevida de licitação, formação de quadrilha ou bando, fraude em licitação, falsidade ideológica, superfaturamento, peculato e lavagem de dinheiro. Mais informações serão repassadas em breve pela PF, após coletiva na Superintendência Regional, no bairro de Fátima. 

Nome 
O nome da operação faz referência ao desvio, em torno de R$ 2 milhões, destinado ao pagamento de refeições do restaurante universitário. Outras irregularidades foram constatadas na verba para a contratação de eventos e manutenção de instalações.